Motorista e esposa serão ouvidos hoje pela Polícia Civil sobre a morte de Osvaldo Vergínio

Fonte: Rede Globo

A Polícia Civil quer ouvir os depoimentos de um motorista e da mulher dele que viram dois criminosos executarem a tiros o secretário dos Transportes e Mobilidade de Osasco, Osvaldo Verginio da Silva, de 55 anos. A previsão é que eles sejam ouvidos ainda nesta sexta-feira (21).

O político foi assassinado na madrugada de quinta (20), quando voltava de uma confraternização. Ele estava num carro, um Toyota Corolla preto, com seu motorista e a mulher do funcionário.

Os assassinos, que fugiram após o crime, ocupavam outro veículo, um Volkswagen Saveiro branco. Dos 11 disparos feitos pelos criminosos, seis atingiram Verginio, que morreu. Ao menos dois tiros feriram de raspão a esposa do motorista, que sobreviveu.

Segundo as testemunhas, os criminosos não usaram máscaras. Um deles ainda estava com uma pistola com silenciador.

Câmeras de segurança registraram o carro do secretário sendo perseguidpelo veículo dos bandidos, o que reforça a tese de que houve execução.

O corpo do secretário foi enterrado no final da tarde de quinta em Osasco.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here