NEM 8, NEM 80!

Já sabe que tem aquele churrasco no final de semana, você já se prepara para sair da dieta e não é de qualquer jeito. É comer e beber tudo que um churrasco proporciona.

O fracasso de quem quer modificar a forma de se relacionar com a comida e até conquistar o emagrecimento sustentável é a síndrome do 8 ou 80.

Em um dia você acorda e quer fazer atividade física, fazer todas a refeições de forma equilibrada, bebe 3 litros de água, ler um livro e vai dormir cedo. Em outros, você não quer levantar nem para escovar os dentes.

Circunstâncias em que se vive afirmando que “NÃO”, é cenário para praticar o oito (8) ou oitenta (80).

  • NÃO posso comer esse chocolate, porque estou de dieta;
  • NÃO posso comer esse lanche, porque não chegou o final de semana;
  • NÃO posso comer essa sobremesa, porque não me exercitei hoje.

Pra começar determinadas mudanças o radicalismo não é aliado, comportamentos é construído quando entendemos os dois lados da moeda.

Isso mesmo, nem sempre você vai estar motivado a se exercitar e nem sempre você vai querer comer salada e tá tudo bem não fazer 100% do que planejou, entender os dias ruins faz parte do processo. O que importa é o contexto na maioria dos seus dias e não apenas o resumo de um dia mais ou menos.

Se punir por ter um dia ruim e ter comido duas fatias de bolo ao invés de ter comido apenas uma fatia ou já que comeu vai colocar tudo a perder e chuta o balde, faz com que esse ciclo se prolongue por anos em dietas restritivas e fracassadas.

Emagrecer vai além de seguir um roteiro de pode e não pode ou de certo e errado, quando se estar preso na mentalidade de dieta todos os atos não programados vira ameaça.

A leveza do equilíbrio é nem ser oito(8), muito menos oitenta(80), é ir conquistando a liberdade de escolhas e entender que dias ruins acontece.

Quando se encontrar em situação desafiadora e achar que tudo que fez foi por água abaixo, apenas retome. Não existe uma fórmula mágica, um alimento milagroso que te leve ao sucesso sem fraquejar as vezes. Entre o 8 ou 80 existe o meio termo, não caia na pilha que para emagrecer precisa seguir uma dieta 100% restrita, pois no primeiro momento que estiver emocionalmente sensível, estará comendo a quina da mesa.

Será que compensa ter esses relapsos de extremismo?

Com carinho, Erika

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here