Obras bem-vindas

Com aprovação pela Câmara de Osasco de empréstimo, via Banco do Brasil, o prefeito Rogerio Lins por onde passa explica como deverão ser investidos os seiscentos milhões de reais. Na prioridade primeira está a construção do Hospital da Criança, na zona Norte, bem próximo da Policlínica, na Avenida Getúlio Vargas, no Jardim Piratininga. Tem também investimentos no programa Asfalto Novo que deve beneficiar muitos bairros. A continuidade da implantação de lâmpadas LED, agora por toda a cidade. O prefeito deverá também gramar sinteticamente diversos campos de futebol de várzea. No centro um grande investimento será a cobertura do Calçadão da Antonio Agú e revitalização do Larg o de Osasco, tem também nova saída da Castello Branco na chegada à cidade em parceria com o governo estadual.

 

Nova FATEC

O governador João Doria inaugurou na manhã desta quinta-feira (31), a nova sede da Fatec (Faculdade de Tecnologia do Estado) em Santana de Parnaíba, na região metropolitana de São Paulo. O prédio foi construído pela prefeitura, e o Centro Paula Souza investiu na aquisição de mobiliário e equipamentos, contratação de professores e funcionários. No total, 280 alunos matriculados na unidade serão beneficiados. “Os jovens que aqui estão, que querem melhorar o seu futuro, é que vão fazer a diferença no futuro do nosso país. Vocês é que vão mudar o Brasil, e nós vamos ajudá-los oferecendo educação, formação e qualificação. É isso que transforma os sonhos em realidade. As Fatecs e Etecs [Escolas Técnicas do Estado] são um orgulho para São Paulo”, declarou Doria.

 

Vinholi indica Lindoso

Indagado a respeito de candidaturas, o governador afirmou à jornalista Vanessa Dainese, que não iria interferir nas decisões do partido para escolha de candidatos a prefeito nos municípios. Já sobre Osasco, Marco Vinholi, que é o presidente estadual do PSDB, de imediato afirmou que o nome para a disputa da prefeitura é o do vereador Dr. Lindoso. Ocorre, porém, que outros nomes estão na disputa na cidade: vereadores De Paula e Didi Oliveira, o ex-vereador André Sacco e a advogada Meire Pizzelli.

 

Mas vai respeitar

O vereador Lindoso (PSDB) disse respeitar o estatuto partidário. “Sou um soldado do partido, respeito as regras partidárias e agradeço pela referência do presidente estadual Marco Vinholi”, concluiu. André Sacco afirmou que o estatuto deve ser respeitado e o estatuto é claro sobre essa questão da convenção para essa finalidade. “Muito imaturo da parte dele, um dirigente estadual fazer a afirmação de escolha”, disse o referindo-se a Marco Vinholi. Já o presidente do diretório de Osasco, ex-prefeito Silas Bortolosso foi enfático em afirmar que o partido não tem um candidato próprio. “Nosso candidato será aquele que tiver o maior número de votos pelos filiados. Vamos respeitar a legislação eleitoral”, disse Silas.

 

Nova Ceagesp será em Perus

O governador João Doria (PSDB) anunciou um acordo com a União para desativar a Companhia de Entrepostos de São Paulo (CEAGESP). Houve, também, a publicação do decreto nº 64.543, no Diário Oficial paulista, que viabiliza a construção de vias ligando centros de abastecimento alimentar à rodovias classe 0 (como Bandeirantes e Ayrton Senna). Com isso, fica garantido a construção de acesso rodoviário ao Novo Entreposto de São Paulo (NESP), o projeto do mais moderno complexo da América Latina que está em fase avançada com o terreno já adquirido, terminando os estudos de impacto ambiental. O NESP será construído em Perus, Zona Norte de São Paulo, agora acessível pela Rodovia dos Bandeirantes e próximo a importantes vias, como o Rodoanel, que caminha para assumir as funções da CEAGESP. Carapicuíba e Santana de Parnaíba eram as outras duas opções.

 

Chega de gazetagem

Estava marcada para ontem, quinta-feira, a continuidade da apreciação e votação da Emenda 01 de 2017, autoria do vereador Jair Assaf e outros, que acrescenta os parágrafos terceiro e quarto no artigo 104 da Resolução nº 12/94 do Regimento Interno da Câmara. Essa emenda promete inibir, assim que aprovada, os vereadores faltosos; os famosos gazeteiros. Reclamação de alguns, há tempos é que certos colegas não participam inteiramente das sessões ordinárias, o que causa desconforto aos demais, principalmente na Ordem do Dia, que vota os projetos da própria Câmara, bem como do Executivo.

 

Vai pesar no bolso

E a forma encontrada para inibir faltosos é descontar por cada sessão 500 reais de seus vencimentos. A maneira de como será feita a constatação da ausência do edil ainda não foi explicada aos jornalistas, mas a alternativa seria o livro de presença que seria assinado assim que o vereador adentrar no plenário. Mas a maioria está favorável. Na sessão de terça passada, houve propostas de emendas para mudar o horário das sessões e torná-la noturna. “Seria muito interessante para aqueles que trabalham durante o dia poder frequentar o Legislativo”, afirmou o vereador Didi que disse sobre retirar o recesso de Julho. Outra emenda que deve ser aprovada em breve é a da Comissão de Ética, que servirá para coibir abusos como ofensas pessoais e a mais grave, a agressão física, que pode gerar a cassação do parlamentar.

 

Vizinhança Solidária para aumentar a segurança

Proposta do vereador Josias da Juco (PSD), sobre a adoção do Programa Vizinhança Solidária – câmeras instaladas nas ruas com a participação de moradores – acaba de ser aprovada em segunda discussão pela Câmara Municipal de Osasco. Um trabalho que já algum tempo vem sendo realizado entre a Polícia Militar, a Guarda Civil Municipal e a população. A experiência já vem dando certo em alguns bairros da cidade, como o Conjunto dos Metalúrgicos no extremo Sul da cidade. Falta agora a sanção do prefeito Rogério Lins (Podemos).

 

Um contrário a menos

A vereadora Régia Sarmento (PDT) foi secretária da Educação no governo Jorge Lapas e eleita vereadora ela sempre buscou a independência até que se aliou aos opositores Dr. Elissandro Lindoso (PSDB) e Severino Ferreira (PTB). Ocorre, porém, que com a volta de Waldyr Ribeiro à secretaria de Obras com total apoio do ex-prefeito Lapas que é presidente municipal do PDT, a professora e advogada Régia foi vista recentemente numa inauguração do prefeito Rogério Lins; estava em cima de um palanque. O que leva a crer que a oposição ao prefeito teve uma baixa. Será? O tempo dirá.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here