Observando Minha Televisão

Uma coisa que sempre falo por aqui, na televisão nada é por acaso. Nada. No SBT não é diferente. E por isso adoro o mestre Silvio Santos. Você vai com o fubá e o Patrão já está voltando com o bolo. Pense nisso.

E eu pensando aqui sobre a volta do futebol. Se a imprensa já tinha dificuldade de trabalhar, imagina agora. Jesus!

Leio que o Rodrigo Faro gravou uma música. Eu tenho saudade mesmo, do Rodrigo Faro ator. Era sensacional. Um grande ator. Precisa voltar urgente.

Não consigo esquecer do Heitor de “O Cravo e a Rosa”, Globo. Era sensacional!

Mudando de assunto…

Continuo não gostando de telejornal que mostra o povo na rua e trata como se todos fossem bandidos. Uma lástima.

Só não é pior do que programa de fofoca caçando famoso fora de casa. Só rindo mesmo.

O que eu não tenho?

Ego. Nem um pouco de ego. Nadinha.

Uma indicação de livro…

Estou lendo “A Casa” – A História da Seita de João de Deus”, de Chico Felitti, editora Todavia. Estou gostando bastante.

E fico sempre ansioso quando alguém indica um livro e eu quero comprar.

Continuo insistindo. Depois de tanta confusão, a Globo tinha que voltar com o “Vídeo Show” e esquecer o “Se Joga”. Ninguém reclamaria. Certeza.

E mais uma dica de um canal do YouTube? Não lembro se já indiquei, mas sempre vale. Gosto muito do “Canal Musicália”. Sempre falando de música brasileira.

Um dos últimos vídeos, o apresentador Juscelino Filho falou sobre “Disparada”, música de Geraldo Vandré e interpretada pelo Jair Rodrigues.

Uma questão…

Você ainda suporta live? Eu não. Assiste poucas. Acho que só Sandy e Júnior e do Rei Roberto Carlos. E só.

E neste exato momento vejo um crítico famoso pedindo para Globo reprisar “Avenida Brasil” no lugar de “Fina Estampa”. Trama que acabou de ser reprisada no “Vale a Pena Ver de Novo”. O argumento é que o público da noite não assistiu no horário da tarde. O que mais tem é reprise recente, uma a mais ou uma a menos… Muita gente não reclamaria. E lembrou o que eu disse, se a Globo soubesse, a emissora teria guardado essa reprise para o horário das 21 horas.

Ainda sobre o jornalismo em época de pandemia…descobrindo coisas óbvias e criando notícia que não é notícia. Na maioria das vezes.

Minha saudade vai para…

O cantor Renato Russo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here