Parabéns Osasco

No dia 19 de fevereiro Osasco fará 57 anos. Valeu a luta dos autonomistas para criar uma cidade independente e autônoma. Os autonomistas, os emancipadores e o povo osasquense tiveram sabedoria e firmeza para iniciar um processo de construção de uma grande cidade.
O movimento pela Emancipação de Osasco surgiu na década de 1950, mas só em 31 de dezembro de 1958, através da lei estadual 5121 Osasco foi reconhecido como município. O “sim” havia vencido o plebiscito realizado em 21 de dezembro de 1958. Mas passariam ainda 4 anos para que houvessem as eleições e posse do prefeito e dos vereadores, que foram empossados em 19 de fevereiro de 1962.
Osasco hoje é o 2º PIB do Estado de São Paulo e o 6º do Brasil. É maior e mais forte do que muitas Capitais de Estado.
O perfil econômico de Osasco mudou bastante, no início era um grande polo industrial. Em 1986, Osasco atingiu um número grande de trabalhadores na indústria, mais de 45 mil. Depois, a indústria perdeu impulso e avançou o setor de comércio e de serviços. Hoje, estão inscritas na prefeitura mais de 45 mil empresas de diversos ramos.
O processo de urbanização acelerada entre 1960 e 1980, que atingiu várias cidades brasileiras, também ocorreu em Osasco. A cidade saltou de um pouco mais de 100 mil habitantes quando se tornou município em 1962 para 666 mil agora que completa 57 anos. Um crescimento bastante acelerado e bastante desordenado que trouxe também grandes problemas, próprios da região metropolitana da Grande São Paulo: poluição da água, do ar e visual, enchentes; problemas de trânsito e transporte, loteamentos irregulares e carência de moradias; desemprego; insegurança; etc.
Ao longo destes anos, Osasco avançou bastante na infra-estrutura urbana, na construção da rede de educação pública (creches, emeis e emefs) e na rede de saúde. Os desafios ainda são grandes. Mas os desafios dos autonomistas eram enormes também. A construção do Rodoanel, mais a boa localização de Osasco ao longo de rodovias importantes abrem grandes perspectivas para a cidade do ponto de vista econômico. Do ponto de vista da democracia, a participação popular nos assuntos da cidade e a redução das desigualdades sociais merecem dedicação e incentivo.
É muito importante continuar construindo entre os cidadãos de Osasco um grande acordo, um grande consenso de que uma Osasco mais fraterna e mais igualitária é melhor para todos os osasquenses. A luta por uma Osasco mais prospera, autônoma, fraterna e igualitária continua! Parabéns Osasco !

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here