Pensando alto sobre minha Televisão

Já disse uma vez, mas vou repetir.

Sou do tempo que só tinha filme inédito toda segunda na “Tela Quente”, Globo. Mas não posso reclamar, pelo menos tem um filme bom para assistir.

Ainda na Globo…

Bom ver o “Fantástico” e não ouvir apenas notícias sobre doenças. Melhor assim. Isso vale também para alguns outros programas jornalísticos.

Falando das famosas lives…

Já reparei em algo. Live boa tem hora para começar e principalmente horário para terminar. Live muito longa fica cansativa demais.

Aproveitando…

Não tenho tanta paciência para live, mas estes dias teve Gilberto Gil e Milton Nascimento. Aí fica difícil não gostar.

Sem falar que também adorei live do “Titãs”. Que agora é um trio.

Uma coisa interessante…

Alguns famosos ganharam fama de gênio. Isso é fato.

E quando o gênio fala, tudo é genial. Fora do comum. Das coisas mais óbvias até algumas grandes bobagens. É muito para minha cabeça.

E outra coisa.

Fingir ser bonzinho também dá destaque. Mas prefiro não ser assim.

Nada contra, mas acabei de colocar na Record e vi que estavam falando dos mitos e verdades sobre o chuchu. Jesus!

E daqui do quarto escuto minha mãe gargalhando com o gênio Silvio Santos. Tem como não gostar do Patrão?

Uma coisa que sempre chama atenção em pesquisas?

O famoso “não soube responder”. Como uma pessoa não sabe responder uma pesquisa? Sempre fico curioso.

Nada a ver, mas…

Cada dia mais correto aquele ditado:

De médico e louco todo mundo tem um pouco.

E quem merecia ter mais espaço na televisão?

O Sérgio Mallandro. Mas fazendo algo diferente do que fez nos últimos anos. Acho que tem talento para muita coisa.

Quem sabe um programa com Gilberto Barros e Sérgio Mallandro?

E minha saudade vai para..

O meu pai Alcides (conhecido como Biri). Nesta segunda, 29 de junho, cinco anos de sua partida.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here