Piloto de Alphaville, Sandra Dias, é a 1ª mulher com título na categoria top do Rally dos Sertões

Destaque Esportes

 Em sua quinta participação consecutiva no Sertões, o maior rali das Américas, a piloto de Alphaville, Sandra Dias, conquistou o título principal da modalidade Regularidade e tornou-se a primeira mulher Campeã da categoria Master, ao lado do navegador paranaense Igor Quirrenbach. A dupla da FD Rally Team venceu três das cinco etapas e largou para o último dia como líder da categoria, chegando ao litoral do Maranhão, no último dia 7, no lugar mais alto do pódio.

“Estamos muito felizes com o título porque não foi tarefa fácil e quanto maior o desafio, a conquista tem um sabor especial. É muito gratificante também saber que as mulheres têm lugar garantido no pódio e que podemos competir de igual para igual com os homens”, afirma a única mulher piloto do Regularidade, desde 2016, quando a modalidade voltou ao grid do Sertões. Sandra é empresária em Alphaville e reside em Tamboré. Apaixonada por off-road e carros, pilota uma Pajero Full #411 e comemorou o balanço positivo da participação da dupla no maior rali das Américas.

Diferentemente do Rali Cross Country, onde décimos de segundos são disputados, no Rali de Regularidade não é a velocidade que importa. O objetivo é manter as médias horárias pré-estabelecidas e completar o roteiro com muita perícia, capacidade de cálculo e raciocínio. E Sandra domina muito bem este rali de precisão, tanto que é tricampeã da competição. Em 2016 estreou no Sertões e foi Campeã na categoria Turismo, no ano seguinte conquistou o bicampeonato, ambos os títulos com Maurício Gonçalves. A partir de 2018, Quirrenbach passou a ser seu navegador e subiram para a Graduados, quando foram vice-campeões. No ano passado, subiram novamente de categoria, e passam a competir na Master – categoria top do Regularidade, formada por duplas mais experientes e com títulos -, e terminaram em terceiro, já em 2020, o título não escapou das mãos da dupla da FD Rally Team que mostrou técnica e habilidade de campeã.

Três mil quilômetros percorridos em cinco dias de prova entre a largada em Brasília (DF), no dia 2, a chegada em Barreirinhas (MA), após cruzar os estados de Goiás e Tocantins, sendo que a última etapa foi o dia mais longo com duração de 12 horas, com 730 quilômetros, dos quais 65 de trechos navegáveis, esse foi o desafio final. “É um privilégio poder participar do Sertões e competir em um esporte no qual somos apaixonados. Mais do que isto é superar nossos limites e anseios pessoais em um ano tão difícil para todos, por isso, minha gratidão é ainda maior. Este título veio coroar a minha parceria bem-sucedida com o Igor em nosso terceiro Sertões juntos”, ressalta Sandra.

Quirrenbach, por sua vez, é um experiente navegador de Regularidade com títulos e vitórias em diversos campeonatos e provas pelo país, conquistou seu primeiro título no Sertões, em sua terceira participação. “Certamente sermos campeões no segundo ano na Master é muito significativo para nós, sobretudo por estarmos na maior prova off-road do país. Nossa expectativa era superar o resultado do ano passado e conseguimos e isso não tem preço. Amadurecemos como dupla e fechamos com chave de outro nossa participação deste ano com esse título”, finaliza.

Sandra comanda com o marido e piloto Glauber Fontoura, pentacampeão do Sertões (três títulos na Super Production, um a Pró Brasil e um na Production T2 em 2019) com 18 participações, uma das maiores equipes do grid, que por duas edições foi premiada como Melhor Equipe da competição. A FD Rally Team também é a equipe com maior número de mulheres – entre pilotos e navegadoras – desde 2016. Nesta edição participou com dez carros, quatro duplas de Cross Country e seis duplas de Regularidade. Vale destacar que das seis duplas que disputaram o Regularidade by SFI CHIPS, cinco subiram ao pódio: na Master teve dobradinha com os vice-campeões Ernesto Kabashima Maidy Chaim que são da equipe, assim como a dupla quinta colocada na categoria, José Guerra/Matheus Leite. Antônio Ribeiro/Marcelo Novaes foram Campeões na Turismo e, na Graduados, Marcos Santos/Lobsang Max terminaram na 3ª colocação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *