Pirajá, a esquina mais carioca de São Paulo

Colunistas Patyziul

Já tem um bom tempo que eu não aproveitava a noite para curtir um barzinho. Então, fui com minha amiga Andressa no Pirajá de Alphavile.

Pirajá chega à maioridade, a esquina mais carioca de São Paulo completou 21 anos em 2019, e trouxe para cá boas amostras dos prazeres da baixa gastronomia do Rio de Janeiro. Para um happy hour animado e prolongado, uma seção de caipirinhas criadas na casa e o chope Brahma tirado à maestria, como os milimétricos três dedos de colarinho.

Chegando lá fiquei surpresa com o cardápio super repaginado.

          Do Leme ao Portal

Estamos louca para colocar o pé na jaca literalmente kkkk, e quando falo isto é comer sem culpa. Pedimos uma porção de bolinhos “Do Leme ao Portal”, porção mista de bolinhos carne seca, couve e croquete de costela.

Uau explosão de gostosura, mas como estávamos afim de comer mesmo, pedimos cada uma um “Sanduba Castelão”, calabresa fatiada, com provolone, tomate e folhas de agrião.

           Sanduba Castelão

Bom estava tudo tão gostoso, que nem rolou aquele arrependimento. A noite estava incrível, o bar para variar cheio de gente bonita e animada.

Se você ainda não conhece esse bar, quem sabe agora se anima, e venha aproveitar o bar mais carioca de São Paulo.

Atualmente, o bar tem cinco unidades na capital paulista – além da matriz em Pinheiros -, sendo três delas em shoppings (Eldorado, Morumbi e Iguatemi Alphaville), e outra na Alameda Santos, próximo à Avenida Paulista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *