Prefeitura de Carapicuíba anuncia que vai construir moradias populares onde aconteceu a reintegração de posse

As 700 famílias retiradas em uma reintegração de posse de um terreno de Carapicuíba, nesta quinta-feira (12), não terão prioridade na fila habitacional da cidade. A Prefeitura anunciou, nesta sexta-feira (13), que vai construir moradias populares no local, mas as famílias terão de pegar fila que já tem mais de 10 mil pessoas.

O prefeito Marcos Neves disse que aguarda parcerias com o governo do estado de para reduzir a fila habitacional. “Se fosse o caso de dar bolsa aluguel, a gente teria dificuldade de fazer isso por conta de recurso. A gente deixaria de dar recurso pra saúde, na educação e em todas as outras áreas que a gente precisa atender. O que a gente fez foi cumprir a decisão judicial, pacifica.”

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here