Região Oeste já teve mais de 831 casos confirmados de Sarampo

Capa Cidades

O Centro de Vigilância Epidemiológica estadual realiza monitoramento contínuo da circulação do vírus. Neste ano, até o momento, há 8.815 casos confirmados laboratorialmente. Considerando que o vírus já circula em todo o território paulista, conforme prevê no Guia de Vigilância Epidemiológica do Ministério da Saúde, o Estado também confirma casos com base no critério clínico-epidemiológico (ou seja, com base em sintomas e avaliação médica), englobando outros 2.759 casos.

MUNICÍPIO DE RESIDÊNCIA LABORATORIALMENTE
Cotia 46
Barueri 187
Carapicuíba 151
Itapevi 61
Jandira 41
Osasco 171
Santana de Parnaíba 36

 

MUNICÍPIO DE RESIDÊNCIA CRITÉRIOS CLÍNICOS-EPIDEMIOLÓGICOS
Cotia 20
Barueri 17
Carapicuíba 73
Itapevi 1
Jandira 3
Osasco 20
Pirapora do Bom Jesus 2
Santana de Parnaíba 2

 

A Secretaria de Estado da Saúde iniciou na segunda-feira (18), em parceria com os municípios e o Ministério da Saúde, a segunda fase da campanha de vacinação contra o sarampo. Esta etapa é focada em jovens na faixa de 20 a 29 anos ainda não imunizados contra a doença.

A vacina tríplice viral protege contra sarampo, rubéola e caxumba. Até o dia 30 deste mês as doses estarão disponíveis em todos os postos de vacinação do Estado de São Paulo para esses jovens. O público-alvo deve comparecer aos postos de saúde, preferencialmente com a carteirinha de vacinação, para que um profissional verifique a necessidade de aplicação da dose.

“Pedimos a todos os jovens que aproveitem esta campanha exclusiva para eles. A vacina é a melhor forma de proteger a si próprio, sua família e amigos”, diz o Secretário de Estado da Saúde, José Henrique Germann.

No sábado (30), haverá o “Dia D”, quando os postos de saúde estarão abertos para facilitar o acesso dos que ainda não se vacinaram ou estão com a carteira de vacinação desatualizada.

“Importante lembrar que quem tomou a primeira dose há menos de um mês, deve aguardar trinta dias para receber a segunda”, complementa a Diretora do Centro de Vigilância Epidemiológica, Helena Sato.

Na primeira fase da campanha, foram vacinadas 400 mil crianças na faixa de 6 meses a menores de 5 anos de idade, entre 7 e 25 de outubro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *