Saída das principais estrelas do SBT

Colunistas Tony Auad

Hoje inicio a minha coluna comentando as saídas das principais estrelas do SBT. Para se ter uma ideia a notícia da não renovação do contrato de Maísa Silva abalou as estruturas da emissora.

Apesar dela ter saído por vontade própria após receber uma proposta muito boa da Netflix, a apresentadora vai ter mais liberdade além de receber um alto salário.

Outro que está deixando a emissora é Roberto Cabrini com o seu “Conexão Repórter”, o premiado jornalista não teve seu vínculo prorrogado por questões financeiras e comerciais.

A sua atração de grandes reportagens, exibidas no fim das noites de segunda-feira, chegará ao fim agora em outubro. Rachel Sheherazade, um dos principais nomes do jornalismo do SBT também foi demitida.

Ela era âncora do SBT Brasil telejornal do horário nobre. Outro programa que perdeu toda sua identidade em razão da pandemia foi o “Bom Dia & Companhia” apresentado por Sílvia Abravanel.

As outras filhas de Sílvio Santos que aparecem em frente às câmeras também estão “de molho” na pandemia. Patrícia Abravanel teve o seu “Topa ou Não Topa” suspenso.

Já Rebeca Abravanel não está fazendo edições inéditas do “Roda Roda” . Outra que também deixou de gravar o “Casos de Família” foi Cristina Rocha.

E, tanto Sílvio Santos como Raul Gil e Carlos Alberto de Nóbrega devem voltar só em 2021, apesar que as chamadas da “Praça é Nossa” Carlos Alberto de Nóbrega grava de casa.

Entre tudo isso, Sílvio Santos dispensou todo o elenco de teledramaturgia acabando com as novelas do SBT. Com isso o SBT perde a vice-liderança para a Record em todo o Brasil. Sílvio Santos não deve estar dormindo a noite.

Frase Final: Nem tudo que reluz é ouro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *