Seleção Brasileira estreia na Copa do Mundo com jogadoras osasquenses

Na quarta-feira a seleção brasileira deixou Portugal com destino ao palco de estreia da Copa do Mundo da França. Domingo tem Brasil x Jamaica, às 10h30 daqui no Stade des Alpes em Grenoble; na quinta-feira a seleção estará no Stade de la Mosson em Montpellier, às 13h contra a Austrália, fechando essa fase dia 18 no Stade du Hainaut em Valenciennes, às 16h contra a Itália. Desse elenco que vem de uma preparação de duas semanas em Portugal, seis jogadoras são contadas pelo Audax por terem cravado chuteiras no time de Osasco duas ou três temporadas atrás – eram seis porque uma foi cortada por lesão.
Partindo de 2015 e com o time mostrando muita força no estadual, o Audax surpreende ao chegar em terceiro lugar; já em 2016 ficou em quinto lugar no Brasileiro e beliscando vaga para a Copa do Brasil do mesmo ano – entrou e foi campeão. Com o título, vaga na Libertadores 2017 e para carimbar o troféu de campeão. Nessas temporadas vencedoras é que a diretoria do Audax conta as jogadoras que foram Osasco e que hoje estão com a seleção do Brasil na Copa do Mundo. “É muito gratificante pra gente que batalha pelo futebol da cidade ver essas meninas honrando a camisa nacional”, disse Adelsio Reis, da administração do clube osasquense, setor que gerencia também a categoria feminina.
Adelsio fala da goleira Lelê (Letícia Izidoro, 24 anos) e hoje no Corinthians; da lateral Camilinha (Camila Martins, 24) e no mesmo time da rainha Marta, o Orlando Pride; e da volante Thaísa de Morais (30 anos), do Milan. As outras duas ex-Audax na França são a atacante Geyse da Silva (21 anos), hoje no Benfica; e a meia Raquel Fernandes, no espanhol Huelva.
Eram seis como destaca Adelsio, só que no treino de domingo a lateral Fabi (Fabiana Simões, 30 anos) sentiu a coxa direita e os exames acusaram lesão impossível de recuperação. Por consequência, a lateral do Inter de Porto Alegre foi cortada e o técnico Vadão chamou Poliana, do São José. “O trabalho do futebol feminino é muito sério e nós temos esse prazer de ver o resultado com grandes jogadoras passando por Osasco e hoje na Copa do Mundo com a seleção brasileira”, comentou o dirigente. (MS)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here