SOS Regional

Bem amigos, lamentável abrir essa página que venho conduzindo há anos, vendo que a situação do Hospital Regional, que parecia que seria resolvida o mais rápido possível, continua na mesma ou até piorou. Os óbitos continuam bem acima da rotina natural do hospital. Os médicos responsáveis continuam sendo somente residentes, pois foram trocados por experientes profissionais que há anos cuidavam de pacientes graves na UTI. A única medida que chegou até nós foi a redução de duas Unidades de Terapia Intensiva, das quatro existentes; dos quarenta leitos, 20 estão desativados. Importante afirmar que o Hospital Regional de Osasco é referência de 14 cidades da região. É impressionante que em 45 dias, morreram 60 pessoas naquele hospital, sendo que em novembro e dezembro, passado, foram 11. Será triste chegar dia 28 de fevereiro e publicarmos uma quantidade recorde de mortos naquele hospital.

 

Quem vai resolver? 

Três vereadores de Osasco, foram até a Assembleia Legislativa para fazer a denúncia. O encontro ocorreu na última terça-feira, 19, com a participação do Secretário de Saúde do Estado de São Paulo Dr. José Henrique Germann Ferreira. Lucia da Saúde, Ni da Pizzaria e Ricardo Silva foram recepcionados pelo deputado Edmir Chedid, presidente da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa. Estava presente, também o deputado Marcos Martins que deixa o mandato em 15 de março. Do encontro ficou decidido uma nova reunião com Germann na próxima semana.

 

Lamentável
Atualmente a situação no Hospital Regional de Osasco está muito conturbada. Desde 1 de janeiro deste ano, a Organização Social Rios Lago, é a responsável pela administração do hospital. O que foi feito desde então é que todos os efetivos foram afastados e mantidos, ainda no hospital, mas em outra área. Em suas vagas, aquelas de emergência, foram contratados novos profissionais – leia-se médicos residentes (aqueles que não tem a formação completa em medicina), enfermeiros e técnicos de enfermagem.

 

Saco vazio não para em pé
Ocorre porem que esses; os novos até agora não receberam um centavo sequer da empresa. Pelo menos mais da metade já pediram pra sair. “Eu nunca trabalhei numa situação como essa. Nunca vi faltar nada no Regional. Poucos eram os óbitos. Assim como eu, muitas colegas pediram demissão. Eu saí, e estou transtornada”, afirmou uma enfermeira que não quis que o nome fosse revelado. Mas ela adiantou que as UTIs foram reduzidas a duas por falta de médicos e enfermagem. A solução encontrada é que um tal Elizeu que é o coordenador está oferecendo dinheiro para quem quiser ser plantonista. “Você vem trabalhar no plantão e passa a sua conta bancaria para nós fazermos o depósito”, disse Elizeu numa gravação que me foi passada.

 

Um novo norte 

Dentro das festividades de aniversário da cidade de Osasco, que no dia 19 completou 57 anos, o prefeito Rogerio Lins entregou à população o Novo Albergue Municipal, no Jardim Rochdale com capacidade para atender 100 pessoas com direito a levar os animais de estimação e carroças. Além disso abriu o Espaço Mãos do Futuro com cursos gratuitos de corte e costura além de no mesmo espaço já ter cursos panificação, cabeleireiro, maquiageme barbearia. Outro presente é o Hospital Veterinário “Manchinha” que oferece consultas, exames e cirurgias. Rogério ainda deu posse a novos Guardas Municipais. “São 127 novos guerreiros que vão às ruas defender a população”, enfatizou.

 

O que poucos comentam

Estamos prestes a ter uma nova Previdência, renovada e mais participava. Pois bem, vou passar uns dados coletados que todos, ou a maioria ficará revoltada: Você sabia que a média das aposentadorias no setor público do Executivo é de 9 mil reais. Do Legislativo 28 mil; do Judiciário 25 mil, do Ministério Público acima de 30 mil e do setor privado 1.600 reais. “Nós não temos um problema de previdência nacional”, afirmava o falecido Ricardo Boechat em um de seus programas querendo afirmar que nós não somos o problema e sim o setor público. São gastos 115 bilhões de reais com 1 milhão de aposentados no setor público; setor privado gasta 500 milhões com 33 milhões de aposentados. Em quinze anos o déficit da previdência chegou a 1 trilhão e trezentos milhões atendendo 1 milhão de pessoas. Já nós pobres mortais do setor privado foi 450 bilhões para atender 29 milhões de pessoas.

 

50 anos de boa informação 

E nesta noite no Teatro Municipal Gloria Giglio, o Diário da Região promove uma festa Jubileu de Ouro. Isso mesmo, há cinquenta anos, no dia 19 de fevereiro de 1.969 chegava o Municípios em Marcha para depois se denominar Diário de Osasco, e anos depois transformado em Região para atender aos municípios vizinhos. “Somos um veículo de informação que praticamente todos os dias estamos nas ruas não só de Osasco mas em outras cidades de nossa região, levando a boa informação”, disse o diretor presidente do grupo Vrejhi Mardiros Sanazar. Parabéns amigo.

 

Comissões
A nova composição dos titulares das 12 comissões permanentes da Câmara Municipal de Barueri ocorreu na manhã de terça-feira, 19, durante reunião na sessão ordinária. Através de indicações das bancadas, ficou definido quem ocupará as funções de presidente, vice-presidente e relator dos 12 grupos temáticos de trabalho estabelecidos pelo ato normativo 008/2019. Justiça e Redação Presidente: Toninho Furlan (PSDB); Finanças e Orçamento – Presidente: Wilson Zuffa (PRB; ); Obras, Serviços Públicos e Outras Atividades – Presidente: Chico Vilela (PTB); Educação, Saúde e Assistência Social – Presidente: Allan Miranda (PSDB); Comissão de Transportes – Presidente: Jânio Oliveira (MDB); Segurança Pública – Presidente: Neto Amorim (PV) – Meio Ambiente Presidente: Wilson Zuffa (PRB); Fiscalização das Entidades do Terceiro Setor Subvencionadas pelo Município, Cultura e Esportes – Presidente: Fabinho do Imperial (PSD); Habitação – Presidente: Neto Amorim (PV) – Abastecimento, Saneamento e Energia – Presidente: Jânio Oliveira (MDB); Combate à Violência Contra a Mulher- Presidente: Sílvio Macedo (DC); Defesa dos Direitos da Criança, Adolescente e Juventude – Presidente: Sílvio Macedo (DC).

 

Novos ares 

O nosso amigo Carlão da Habitação já é o novo presidente estadual do PTC – Partido Trabalhista Cristão. Antigo na cidade o nome já diz respeito à sua proposta na cidade; a luta por melhores moradias. “Assumo a presidência Estadual do PTC São Paulo, com uma tarefa de fazer o partido crescer”, disse Carlão que passou pela Ouvidoria da Prefeitura de Osasco no governo Rogerio Lins.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here