Um Simples Programa de Televisão

E terminou “Bom Sucesso”, Globo. Trama muito emocionante. Linda mesmo. Sempre preciso lembrar algo, o autor da trama escreve como bem entender, mas eu não gostei do último capítulo.

A novela inteira foi sobre a morte do Alberto, personagem que tinha uma doença terminal. E no capítulo final, a morte foi logo na primeira cena e sem grande emoção. Uma morte tão esperada tinha que ser no último instante. Nos últimos momentos.

Agora começou “Salve-se Quem Puder”. Achei um nome complicado. Poderia ser mais simples.

Não sei se foi apenas uma cena, mas gostei de ver o ator João Villa no primeiro capítulo. Até outro dia, era o “Sem Noção” de “Topíssima” da Record.

Já estava fazendo falta uma trama leve e que apenas divirta o telespectador. Torço para que continue assim. Em primeiro lugar quero me divertir.

E começou o “Big Brother Brasil”, Globo, e com ele começou o mimimi. Principalmente por parte dos “intelectuais” que não assistem o programa. Malas e chatos. Como sempre falo, televisão tem botão de liga e desliga e controle remoto.

Sem falar das discussões e debates tontos. E sempre tem alguém querendo aparecer por causa da fama do programa. Um simples programa de televisão.

Falando em televisão, lembrei do YouTube. Hora de recomendar mais um canal.

Gosto muito do Régis Tadeu. O crítico musical que já trabalhou até com o Raul Gil tem um canal bem legal. Não é de gracinha e nem dá opinião para agradar.

E neste exato momento leio um “famoso” falando que é errado gostar de mulher bonita. Eu morro e não vejo tudo.

Hora de desejar mais e mais saúde.

Para Ana Maria Braga e Carlos Alberto de Nóbrega.

Já estou pensando em qual novela vai ser exibida no “Vale a Pena Ver de Novo”, Globo, no lugar de “Avenida Brasil”.

E depois de alguns fatos no mês de janeiro, já estou pensando como vai ser a “Retrospectiva 2020”.

Falando de “Amor de Mãe”…

Novela continua sem ousar. Talvez seja esse o diferencial, não ousar. Vai saber.

Mudando de assunto…

De novo a Record está passando “Aeroporto: Área Restrita”. Acho legal esse tipo de programa, atração que mostra os bastidores do aeroporto. Mas episódios repetidos não têm muita graça. Apesar que a emissora anunciou episódios inéditos em breve.

Mais um assunto nada a ver…

Programa de humor que não tem graça não pode virar algo normal. Deus me livre!

E para fechar, minha saudade vai para…

O apresentador Goulart de Andrade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here