Verdade ou Mentira? Menino corta os pulsos por influência da Momo em vídeos no youtube kids.

De repente eis que surge do nada uma onda de pânico entre pais e educadores sobre o retorno da “momo” (personagem virtual que supostamente influencia crianças a se automutilar e a se suicidar). Há um texto e, alguns vídeos que estão sendo multiplicados dizendo que uma criança se cortou por seguir instruções da momo, e que as tais instruções vinham de um desenho comum assistido no Youtube Kids.

E por isso aconteceu de muitos pais me ligarem, outros mandarem mensagens, e não é pra menos, todos em pânico com a notícia que viralizou nas redes sociais e whatsapp. Mas, será que você parou para se perguntar se isso é verdade? Parou alguns minutinhos para pensar o óbvio? Parou uns minutinhos para pesquisar sobre a veracidade dos fatos?

Assim que recebi o vídeo e as informações fiquei pasmo, confesso. Porém, muito pensativo sobre como isso foi introduzido no canal de veiculação. Então, como sempre fui pesquisar sobre o assunto e veja o que podemos pensar e analisar:

Em nenhum lugar cita os canais dos vídeos, não há links, não há nada que comprove o que está sendo noticiado! A única verdade é um vídeo que ninguém sabe de onde veio e muito menos sua origem, o que pode ter sido montado por qualquer desocupado.

O assunto foi para ao MP no Núcleo a Crimes Cibernéticos (NUCCIBER), BA, que investiga e já notificou ao Whatsapp e ao Youtube para que tais vídeos sejam removidos e restringidos.

Não quero minimizar a preocupação geral dos pais, mas, é certo que não passa de mais uma fake news.

Existe algo bom nisso tudo? Espero que o susto possa ter feito pais pensarem diferente e assim participarem mais da vida de seus filhos. Pois, existem muitas crianças e adolescentes que se sentem abandonadas.

Por outro lado, ainda que seja um fake news, é bom cuidar e proteger os filhos destes ataques onlines, que nada têm de brincadeira, é preciso observar atentamente o comportamento que fuja do normal, como alteração do humor, aumento da agressividade, tristeza, prostração ou qualquer coisa que seja anormal nas atitudes.

Por fim, a melhor forma de proteger uma criança é sendo participante da vida dela!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here