Acordo e já vou treinar!

Colunistas Erika Barbosa

Nutri, acordo e a minha primeira refeição é o pré-treino, o que comer?

Essa é uma dúvida contínua que eu escuto e acredito que muitos também tenham.

Vamos lá.

Primeiramente vamos entender que antes do exercício precisamos estimular a síntese proteica (mecanismo de produção da proteína determinado pelo DNA), e isso não quer dizer que quanto mais consumir proteína, mais síntese proteica vai estimular e mais construção muscular terá, não é bem assim, pois para que a síntese aconteça deve haver a combinação de dois macronutrientes (CARBOIDRATOS + PROTEÍNAS).

Um erro muito comum aos praticantes de musculação é! Acordar comer uma fruta ou executar um treino em jejum.

Porém para garantir um bom desempenho e rendimento é recomendado que faça uma refeição no máximo 3 a 4 horas antes do treino, acontece que quem treina cedinho fica inviável essa estratégia.

Em casos como esse o indicado é que haja um consumo maior de carboidratos antes de dormir já que durante o sono o glicogênio muscular (reserva de energia) não reduz, ou seja, sabe aquela fruta que se come 30 minutos antes do treino serve apenas como auxílio para manutenção da glicemia evitando possíveis desconfortos como tonturas, baixa da pressão e não influencia na performance como muitos acredita.

E para quem quer praticidade e rapidez, outra estratégia para quem tem a rotina de treinar logo que acorda e não tem tempo hábil nem para preparar uma refeição e inclusive fazer a digestão de uma alimentação mais sólida nesse intervalo a suplementação alimentar se encaixa perfeitamente, por exemplo, a proteína isolada do leite ou vegetal (Whey protein) em conjunto de um tipo de carboidratos (frutas, cereais, raízes, entre outros).

Lembrando que a suplementação não faz mágica e não é algo diretamente relacionado ao ganho de massa muscular, mas em momentos que precisam de praticidade e rapidez e bom valor nutricional o uso do mesmo se faz necessário.

Sabe a história de que carro sem combustível para? A mesma acontece com o corpo, a construção muscular é decorrente de exercícios que estimula força de curta duração e alta intensidade, ou seja, a expressão NO PAIN, NO GAIN é verdadeira, a hipertrofia é consequência de danos musculares e de uma boa qualidade nutricional, sendo assim a alimentação tem a função de reconstruir o danos que o exercício provoca juntamente com uma boa qualidade do sono, dormir é fundamental para que aconteça a produção e regulamentação dos hormônios, entre eles o GH (hormônio do crescimento).

Músculos não crescem do dia para noite, pois exigem constância e disciplina, foque na qualidade e quantidade nutricional, capriche nas horas de sono e hidrata-se.

 

Vitamina Pré treino

200ml de água

1 dose de Whey protein

2 colheres de sopa de aveia

1 banana

½ maça

Bater no liquidificador e terá um excelente pré treino.

Lembrando que estratégias como essa varia de acordo com o tipo de modalidade que se pratica, por isso se faz necessário um especialista da área para adequar a sua rotina alimentar.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *