Angela de Lima Santos: da violência doméstica ao sucesso profissional

Eu tinha tudo para dar errado, mas superei a violência. Palavras que refletem a história da Angela de Lima Santos (50), natural de Olinda.
Ela foi criada até os 5 anos pela a avó, depois seus pais a trouxeram para São Paulo. Na nossa conversa Angela relembra quando a violência em sua vida se iniciou. Aos 11 anos ela e seus irmãos sofriam torturas do seu pai. Comenta que tudo que faziam era motivo para espancamento, e quando seu pai recebia visita dos amigos, levantava suas roupas para mostrar com orgulho as marcas que deixava em seus corpos.
A família inteira passava por abusos, inclusive sua mãe e irmãos menores. As coisas começaram a mudar em um dia que Angela decidiu não mais aceitar, e se rebelou informando que iria realizar uma denúncia.
Tempos depois as coisas começaram a mudar, e da violência que retomava, as tentativas de abuso sexual se iniciava. Para fugir dessa situação, Angela aos 18 anos se casou. Acreditando ter escapado do sofrimento, envolveu-se com um homem que a manteve em cárcere privado por 5 anos, não podia sair da casa para nada. Essa situação que se manteve até o dia que seu marido atentou contra a sua vida. No outro dia cansada de tudo, já com uma filha e com o irmão que criava, pegou os documentos e fugiu de casa, nessa época ela tinha apenas 23 anos.
Para sustentar a família, ela começou a trabalhar com limpeza doméstica em casas de famílias e já morava em Osasco.
Na tentativa de prosseguir com sua vida, se casou pela segunda vez, teve mais um filho, o Lucas, mas seu marido se tornou alcoólatra e quando identificou nele um início de violência, se separou.
Ela recorda que nessa fase da vida foram momentos difíceis, comenta que houve um dia que improvisou um forno com madeira e tijolo para cozinhar legumes que ganhou de um feirante.
O salário que recebia não era o suficiente, então catava latinhas para complementar a renda e prover o sustento da família.
Foi em 2003 que começou a trabalhar com Buffet, aprendeu a fazer salgados e foi nessa época que conheceu seu atual marido, o Lucas, padeiro e confeiteiro especialista em bolos.
O casal Angela e Lucas estão juntos há 16 anos, e apesar do medo em 2018 iniciaram juntos seu negócio a Simples Assim Bolos Caseiros e Afins. O comércio é um sucesso.
Sua mensagem final: “A Muher não sabe o poder que têm, ela pode se levantar e seguir adiante. Nunca desista!”

1 COMENTÁRIO

  1. É com muita alegria me sinto em saber que após passar por este gravíssimo problema conseguiu dar a volta por cima e conquistar o Sucesso Profissional. Parabéns e que isto sirva de exemplo para todos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here