Após título dos Jogos Regionais, Audax busca classificação no Brasileiro


O time osasquense ganhou o ouro na disputa estadual, agora joga neste domingo contra a Ponte Preta vai em busca do título nacional e o primeiro passo é se classificar entre as oito melhores equipes.


 

Confronto de interesses no Rochdalão de Osasco na rodada final da fase de classificação do Campeonato Brasileiro Feminino. O Audax recebe a tradicional Ponte Preta às 14h de domingo, jogo com peso de rebaixamento para a Macaca e com valor de passagem à próxima fase para a equipe de Osasco.
Dos 16 clubes que movimentam a elite do nacional, os oito primeiros da fase avançam para a seguinte; no ponto extremo, os quatro piores caem para Série A2 de 2020. Nesse poço do rebaixamento já naufragam o lanterna Sport Recife e o baiano São Francisco; mas há uma luzinha do além para o paranaense Foz Cataratas, assim como para o Vitória de Pernambuco.
Essas duas equipes que apostam tudo no milagre, contam 14 pontos e têm três alvos diretos – um deles é justamente a Ponte Preta. Se o Vitória abre o poço com 14 pontos, o time imediatamente fora é o Minas Icesp do Distrito Federal e com a mesma pontuação; em seguida está a Macaca, também com 14 pontos. E completando esse cinturão dos aflitos, o Iranduba de Manaus com 15 pontos.
O roteiro é mais que conhecido: desses cinco, quem perder na 13ª rodada poderá também estar dizendo adeus à elite do Brasileiro. Esse cenário, portanto, é o drama que a Ponte Preta leva nas chuteiras contra o Audax nesse domingo – só a vitória pode livrar a Macaca do rebaixamento. Em caso de empate, fica naquela agonia de contar com a combinação de resultados.

E o Audax?
Campeão dos Jogos Regionais, entra em campo com muita moral pelo troféu e também por ter mandado muito bem contra o Santos na rodada de sábado passado. As meninas decidiram o título dos Regionais no CT da Vila Yolanda, campeãs com 1 a 0 no Embu das Artes, de lá desceram a serra contra o então líder Santos. Jogo no Ulrico Mursa e com as meninas surpreendendo as Sereias da Vila com 1 a 0, gol de Margareth já no final do 1º tempo; na etapa final o Santos partiu logo para cima e Gláucia deixou tudo igual aos 9 minutos.
Pontinho muito festejado pelas meninas do Audax, mas chorado pelas santistas, pois o resultado tirou a liderança das Sereias e agora é do Corinthians. Esse jogo, repetindo, dá aquela moral para as osasquenses que só precisam de um empate contra a Ponte para oficializar a classificação. Com 21 pontos em 6º lugar, tudo tranquilo para o Audax no G8, certo? Não, não é bem assim. Olhando bem essa foto vê-se que o Vitória da Bahia comendo pelas bordas.
O time baiano é o 9º colocado com 18 pontos e na cola do São José que abre a zona de classificação com 19; logo acima tem a Ferroviária de Araraquara com 20 e, acima, o Audax. Não é preciso dizer que se um desses perde, abre a porta para o Vitória, caso vença. Por exemplo: se o Audax for surpreendido pela Ponte, mantém os 21 pontos; e caso o Vitória vença, chega à mesma pontuação e leva vantagem nos quesitos técnicos.
O que tem a favor do time de Osasco nessa parada é que a equipe baiana tem apenas o líder Corinthians pela frente.
Ou seja, as chances do Vitória são poucas e o Audax conta mesmo com isso. Tudo explicadinho e anotado? Então resta conferir a 15ª e última rodada da fase de classificação do Brasileiro, todos os jogos às 14h de domingo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here