Banco de Projetos agora é BP 8

A construtora Banco de Projetos, tradicional empresa de Osasco, mudou de nome e agora se chama BP 8, mas segundo o proprietário Jean Paul Cutrona, a qualidade e a eficiência na entrega continuam a mesma. “Nós estamos neste ano, expandindo as nossas operações, mudamos o nome, mas missões e valores continuam os mesmos. Estamos com obras em outras cidades da grande São Paulo e não mais apenas em Osasco. Nós estamos buscando mais mercados. Estamos atuando bastante no seguimento, primeira moradia e também no programa Minha Casa, Minha Vida, nós estamos percebendo que podemos oferecer nossa estrutura para outras cidades. Vamos lançar, em breve, dois novos empreendimentos na Grande São Paulo.” Para esta nova fase, Jean diz que os empreendimentos terão novidades. “Os nossos clientes já podem escolher as cores da parede, o piso, entregaremos a cozinha planejada, nós vamos ainda oferecer algo que nunca foi oferecido, a novidade será divulgada nas próximas semanas.”

O diretor de Marketing Alexandre Magalhães e Jean Paul Cutrona

De acordo com o diretor de Marketing da empresa, Alexandre Magalhães, a mudança de nome aconteceu para mostrar que a empresa está antenada com a modernidade. “BP é a sigla de Banco de Projetos e o número oito, é por que é o símbolo do infinito e representa crescimento, justiça e seriedade, tem tudo a ver com a Banco de Projetos.”
Em toda a sua história, a BP 8 já entregou 3064 apartamentos em cerca de 15 empreendimentos. Jean Paul diz que os projetos da BP 8 mudam a vida das pessoas. “Nós produzimos nossos projetos com muito amor e carinho, as pessoas depositam o sonho e a esperança deles nas nossas mãos. Por respeito e carinho, nós estamos sempre inovando.”
O empresário começou sua história de sucesso na cidade de Osasco no ano de 2001 quando começou a construir sobrados na rua Bento Vidal no Novo Osasco. A empresa que ele prestava serviços era a Danpris, de propriedade do sogro. Ele é responsável por vários projetos na cidade como nos bairros do Rochdale, Cirino, Bela Vista e Presidente Altino. “A cidade precisava desta verticalização, nós temos prédios comerciais que não perdem em nada para São Paulo. Nós valorizamos a cidade com esses novos prédios.”
O perfil dos clientes da BP 8 é bastante diversificado, mas em sua maioria, de 31 a 33 anos, que busca a sua primeira moradia, são noivos e casais recentes. Atualmente uma das grandes obras que deve ser entregue pela empresa é o empreendimento Via Nações que promete mudar a cara da entrada de Osasco em Presidente Altino. Serão 824 unidades, sendo que metade do projeto será entregue aos compradores em fevereiro de 2020 e o restante em setembro de 2020.
De acordo com Jean Paul Cutrona, muitas pessoas que moravam na capital, principalmente na Zona Oeste, em bairros como a Lapa e Pinheiros estão optando por Osasco na compra de um novo imóvel. “Aqui as pessoas compram um apartamento quase que pela metade do valor cobrado em São Paulo. Osasco está mais barato. Muitas pessoas querem trabalhar perto de casa. Eles preferem Osasco a Guarulhos por exemplo.”

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here