Câmara de Osasco é a segunda mais barata da região

O Poder Legislativo de Osasco é o segundo mais barato da região oeste da Grande São Paulo, de acordo com o Mapa das Câmaras, um levantamento realizado pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE).
Segundo o estudo, os gastos da Câmara de Osasco somaram R$ 49 milhões em 2018, um custo anual de R$ 70,75 para cada residente do município. O legislativo mais barato da região é o de Carapicuíba (cerca de R$ 30 por habitante) e o mais caro é Barueri (R$ 184 por habitante).
O gasto per capita da Câmara de Osasco também está abaixo da média estadual, que é de R$ 81,76 por habitante.
A pesquisa do TCE compilou informações de 644 casas legislativas de todo o Estado de São Paulo. Entre as instituições avaliadas, a mais barata é a Câmara de Orlândia, que custou R$ 23,19 para cada morador da cidade.
O Presidente da Câmara, Ribamar Silva (PRP), acredita que o levantamento do Tribunal de Contas mostra que o Legislativo de Osasco está empenhado em promover e economia e a eficiência na gestão pública.
Ele cita como exemplo desse esforço a decisão da Mesa Diretora – que contou com o apoio de todos os vereadores da casa – de não renovar o aluguel dos veículos que eram utilizados pelos parlamentares. “O contrato dos carros venceu, mas nós, em comum acordo, decidimos não fazer uma nova licitação”, explica Ribamar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here