Paulista de Vôlei a caminho: Osasco tem sete renovações e sete novidades

Capa Esportes Márcio Silvio

O futebol foi a primeira modalidade liberada da quarentena e, agora, outras estão no apronto como futsal, basquete, handebol e vôlei. Nesse longo período de tudo parado, atletas treinando isoladamente, ginásios fechados e as redes sociais sendo a janela da criatividade nesse período.

E foi via internet que o vôlei de Osasco manteve-se ativo, sendo que a partir de julho o técnico Luizomar de Moura começou a apresentar o novo grupo. Lembrando, o vôlei brasileiro fora abortado pelo coronavírus quando a Superliga caminhava para as quartas de final.

Então, em julho o clube começa a apresentar as atletas e, como a torcida esperava, a primeira que pintou com renovação no sorriso foi a líbero Camila Brati, a gari do time e que pega este ano com muita garra porque o objetivo é Tóquio 21.

Com Brait são sete da temporada passada que continuam, outras sete são as novidades do técnico Luizomar. Time fechado e já projetando desafio duríssimo contra o Sesi Bauru que sai da quarentena muito forte e posando com favoritismo; já o atual campeão paulista, ao contrário, vem caladinho e sem ostentação – o São Paulo Barueri sofreu desmanche após o nacional e deve ir tipo coadjuvante no estadual, pensando mesmo na Superliga.

Osasco não tem estrangeiras e o técnico Luizomar vai cem por cento brazuca. No entanto, ele conseguiu formar um grupo com nomes consagrados e que podem resolver. Portanto, ora de atualizar o time osasquense que está treinando forte no Liberatão de Presidente Altino para o estadual a caminho.

As apresentações começaram em 8 de julho e, então, uma vez por semana e sempre às quartas-feiras o treinador chegava em vídeoconferência. Mas a primeira do vôlei foi presencial e na prefeitura de Osasco com a líbero Camila Brait e a oposta Tandara vinda do Sesc Rio.

Já as apresentações seguintes foram todas virtuais. Na outra quarta-feira, Luizomar anunciou a renovada levantadora Roberta e a central Camila Paracatu, vinda do Pinheiros e segundo reforço; mais uma quartona online e o técnico festeja a continuação da central Bia mais a chegada da ponteira Gabi Cândido, do Sesi Bauru.

O torcedor passa a contar os dias de uma quarta à outra e, na seguinte, aplaude a levantadora Naiane Rios e a ponteira Sonaly Cidrão – Bauru e Pinheiros; na outra quarta tem mais festinha e aplausos à jovem central Karyna Malachias, renovada; e aquela tietagem à jandirense Tai Santos, ponteira vista como star da nova geração e chegando do São Paulo Barueri.

Já contando dez atletas, Luizomar volta à quadra virtual para falar da renovação da levantadora Amanda Sehn e apresentar a central Mayany, parceira de Tai Santos no Tricolor do técnico José Roberto; por fim e fechando o set, uma quarta-feira depois ele confirmava renovações da osasquense Kika, líbero que está crescendo barbaridade como reserva de Brait, e da ponta Jaqueline.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *