Planos Televisivos

Colunistas Márcio Torvano

Não renovar contrato é diferente de mandar o funcionário embora. E muitos na Globo não estão renovando os seus contratos. Para alguns é até melhor.

Um dos que saiu da Globo foi o eterno “Trapalhão” Renato Aragão, o Didi.

Já ouvi muita gente sugerindo o Didi participando de “A Praça é Nossa” no SBT. Seria bem interessante. O banco do Carlos Alberto de Nóbrega perdeu o humorista Maurício Manfredini, o sensacional Paulinho Gogó.

Não acho que o Didi poderia substituir o Gogó, mas tenho uma ideia boa. Ideia que eu já tinha pensado para o eterno Golias.

Uma banca de jornal, e o Didi interagindo com todos os personagens. Seria bem interessante. Deixaria o programa bem diferente.

Mudando de assunto…

Toda hora surge uma notícia com denúncia baseada em um vídeo. E eu não faço análises e nem julgamentos baseado em um vídeo.

E continuo não gostando de jornalismo que fica caçando pessoas na rua. Jornalismo que acusa qualquer um. Chato demais.

Um assunto nada a ver, mas…

Lives estão na moda. E agora todo mundo quer aparecer no sucesso das lives. Sempre tem um querendo tirar proveito.

Falando de “A Escrava Isaura”, Record…

Trama está ótima. E em breve o Leôncio vai ser assassinado. Vai ter o famoso “Quem Matou?”. Vamos aguardar.

Um ator que se destaca e muito na novela é o Ewerton de Castro, interpreta o engraçado Belchior. É sensacional! Pena que este ator maravilhoso não quer mais fazer novela.

Mais uma coisa nada a ver…

Quando uma maioria gosta de uma coisa, eu desconfio seriamente dessa coisa. Só para avisar mesmo.

E eu ouvi tanta notícia desencontrada, que eu já nem sei mais se o Luís Ernesto Lacombe está ou não na Band. Mas só sei uma coisa, gosto dele. Dá opinião e não fica pensando se vai ou não agradar. Fala o que pensa e pronto. Gosto disso.

Neste exato momento estou ouvindo Chico Buarque e Milton Nascimento. Gênios.

Uma coisa que me incomoda?

Jornalista que vive falando que conversou com este ou aquele, que vive dizendo que tem fontes. E muitas vezes o sujeito não conversou com ninguém.

Eu trabalho no rádio, e odeio mentir para o meu ouvinte.

Entramos naquela época que alguns famosos vão sumir da mídia. Ano de eleição.

E minha saudade vai para…

O comediante Márcio Ribeiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *