Santa Maria

Colunistas Sem Mordaça

Nas eleições anteriores como candidato a vereador em Osasco, Zé Carlos “Santa Maria” líder comunitário do bairro Santa Maria e adjacências, foi muito votado. Na última eleição como candidato do PRP recebeu mais de 2500 votos e por pouco não foi eleito. Atualmente é suplente no legislativo osasquense. Porém hoje está mais animado, o número de eleitores em sua região multiplicou por três e Santa Maria já conta com cerca de oitenta apoiadores. Por tudo isso, agora filiado no Patriota, ele acredita que se disputar as eleições do próximo ano como candidato a vereador, terá muita chance de sucesso.

Anjinhos
José Nunes dos Santos, ex-comandante da Guarda Civil Municipal de Osasco, atualmente conhecido como “Bispo Nunes”, criou uma associação sem fins lucrativos conhecida como “Anjos da Guarda Ambiental”, cujo objetivo é preparar jovens para os desafios da vida e para o mercado do trabalho. Essa entidade já beneficiou mais de 3 mil anjinhos de ambos os sexos e atualmente conta com um contingente próximo a mil integrantes. Nunes tem um outro desafio pela frente, uma provável candidatura a vereador em 2020.

Visibilidade
No desfile do Sete de Setembro no último sábado, realizado na Avenida dos Autonomistas, o prefeito Rogério Lins quis ficar mais próximo dos participantes do desfile, desceu do palanque e ficou na pista durante as quase quatro horas de desfile. Enquanto isso, os vereadores permaneciam no palanque, até o momento que perceberam que são políticos e político de verdade tem que estar ao lado do povo e sendo assim, com raras exceções, foram ficar ao lado do prefeito, saudando os participantes.

Quem será?
Normalmente a escolha do candidato a vice é feita no apagar das luzes, já na prorrogação, mas nada impede que nos bastidores da política surjam as mais diversas opções, ou seja nomes como o provável candidato a vice de Rogério Lins que deve concorrer à reeleição. São esses os citados entre outros: Ana Paula Rossi, Fábio Teruel, Dr. Lindoso, Luciano Camandoni, Jorge Lapas, Lau Alencar e Ribamar Silva.

Senhor cidadão

A responsabilidade e dedicação no trabalho, além do amor por Osasco, são qualidades do diretor de Obras da Central Sul da secretaria de Obras da prefeitura de Osasco, Fernando Cavalcanti, com quase 35 anos de bons serviços no serviço público. Atualmente a zeladoria da zona sul da cidade muito se deve a esse abnegado cidadão, prestativo e além de tudo um bom caráter.

Cidadania zero

Leitor indignado com o cenário escreve ao CP: “Lamentável….estão destruindo cercas do entorno da futura Universidade Federal de Osasco, em Quitaúna, pela Rua Marechal Edgard de Oliveira, para facilitar a entrada dos infratores para descarte de toda a espécie de lixo. Essa ou essas pessoas que agem deste meio irregular, precisam ser identificadas e punidas na forma da lei.

Com um pé no PSD

Na última segunda-feira, na sessão solene da Câmara de Osasco realizada no Teatro Municipal Glória Giglio para a entrega de título de cidadão a três personalidades, a saber, Gilberto Kassab, Lau Alencar e Sérgio Yamato, o presidente do legislativo osasquense Ribamar Silva foi convidado por Gilberto Kassab, presidente nacional do PSD, a filiar-se na agremiação. Ribamar foi eleito vereador pelo Partido Republicano Progressista (PRP) que acabou sendo incorporado pelo Patriota, com isso, ele está livre e solto para filiar-se numa outra agremiação partidária. Ribamar ficou de conversar com Kassab para a definição mas já afirma que a chance de ingressar no PSD é de 90%.

Novo comando
No último domingo, o ex-vereador e ex-presidente da Câmara de Osasco, Aluisio Pinheiro (PT), com o apoio das principais lideranças do partido na cidade, entre eles, Emidio de Souza, João Paulo Cunha, Marcos Martins e Valmir Prascidelli, foi eleito presidente do Diretório Municipal do PT de Osasco, recebendo 1581 votos.

Panela de pressão
Há algum tempo as sessões ordinárias da Câmara Municipal de Osasco, principalmente as realizadas nas terças-feiras, vem despertando a atenção dos osasquenses de uma forma negativa, ou seja, o correto seria uma discussão democrática e civilizada de matérias de interesse da coletividade e felizmente é o que ocorre com a participação da maioria dos vereadores, porém, em quase todas as sessões, o clima esquenta na discussão de determinados assuntos por parte de alguns edis e aí é um Deus me Acuda, os ânimos se exaltam, o público se manifesta contra ou a favor e a agressividade entre alguns vereadores já propiciou cenas lamentáveis. Vamos com calma, pessoal, a discussão séria e produtiva, sem ofensas pessoais, prevalecendo o respeito e havendo o diálogo, propicia bons resultados.

Sem confronto
Na manhã desta quinta, 12, 783 famílias num total aproximado de 3000 pessoas, atendendo a justiça que determinou a desocupação de uma área em Carapicuiba, ao lado da Cohab e pertencente à prefeitura de São Paulo, contrariando o que se propagava e que muitos esperavam que acontecesse, não resistiram, não promoveram atos de vandalismo e nem de hostilidade com os policiais, oficiais de justiça, defesa civil, bombeiros e funcionários da prefeitura.

Pegando fogo

Na tarde da última quarta-feira, um fato chamou a atenção de moradores, comerciantes e transeuntes, o fogo na fiação de energia em vários pontos da cidade. O primeiro aconteceu na avenida João Batista, proximidade do Osasco Plaza Shopping. Logo depois na avenida Maria Campos e moradores nos relataram também ocorrência parecida na Vila São José. Uns acreditam que o motivo foi o excesso de energia na rede, outros em virtude da fiação ser antiga e outros, acreditam por ser o forte calor e como consequência muitos aparelhos de ar condicionado ligados ao mesmo tempo. Com a palavra a Enel pois não é todo dia e nem todos os anos, que esse fenômeno de queima de fiação da rede pública de energia acontece em Osasco.

Meia-boca
Nove anos depois, antes Eletropaulo e agora Enel, finalmente atenderam os muitos pedidos e no último domingo a empresa de energia esteve na Rua Rui Barbosa, esquina com a Paulo Licio Rizzo, realizando a tão esperada poda numa árvore prestes a cair, pois já está com o prazo de validade vencido e seus galhos se esfacelando. Porém a poda não foi feita de forma satisfatória, simplesmente cortaram alguns galhinhos próximo à fiação e nada mais. Vamos esperar mais nove anos para uma nova poda e torcer para que o pior não aconteça.

Eleição
Neste domingo, 15, a partir das 9 horas, no Sindicato dos Químicos, no KM 18, em Osasco, o Psol renovará sua direção municipal e definirá os rumos do partido para Osasco. Segundo seus dirigentes, os filiados da agremiação discutirão estratégias para 2020 visando fazer de Osasco a cidade da nova esquerda na região Oeste, bem como reconstruir o “cinturão vermelho” que anda apagado nos últimos anos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.