Como melhorar sua autoestima

Colunistas Erica Rodrigues

Eu sei que as pessoas ficam buscando fórmulas mágicas e rápidas para melhorar a autoestima, e que também muitas pessoas associam a autoestima apenas como o quesito estética/beleza.

Provavelmente quando você leu esse título pensou que encontraria 3 ou 4 dicas de coisas para fazer, assim se sentiria melhor e aumentaria sua autoestima, essas “diquinhas” as vezes funcionam mesmo, mas a autoestima tem uma representação mais profunda e complexa na vida de uma pessoa, fora que nem tudo que serve para um serve para o outro, por exemplo:

Posso te dizer: passe maquiagem, se arrume, passe perfume, coloque sua melhor roupa, faça isso todos os dias e então você se sentirá muito melhor.

Mas se você é uma pessoa que não gosta de maquiagem, por exemplo, muito provavelmente estou piorando a sua relação com sua autoestima, porque você se sentirá obrigada a se maquiar, acreditará que essa é uma das fórmulas mágicas, que enquanto não fizer nunca se sentirá bem e começará te gerar sofrimento, ao invés de prazer.

A construção da autoestima é algo individualizado, ou seja, tem representação e necessidade diferente para cada indivíduo, mas existem três pilares que se desenvolvidos te ajudarão a melhorar sua autoestima, são eles:

Autoeficácia – que diz o quanto você consegue fazer o que precisa ser feito, o quanto você assume responsabilidades e cuida das suas atividades.

Autoimagem – como você se vê, aqui se refere a aparência, autocuidado estético

Autoconceito – o que você pensa sobre você mesmo(a), se é inteligente, esforçado, incapaz, pessimista e assim por diante.

Quando você tem um bom resultado em cada um desses pilares, você consegue desenvolver uma boa autoestima.

Se você entende que é ou está difícil se perceber sozinho(a), nunca vou cansar de dizer:

Busque ajuda! Não espere ficar pior, porque uma hora a conta chega.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *