Sua conta de energia veio alta? O Procon vai ajudar

Como medida para reduzir o número de funcionários nas ruas durante a pandemia da covid-19, a Enel – distribuidora que atua em São Paulo – desde o começo de abril, passou a oferecer o serviço de autoleitura do medidor de energia para os clientes residenciais e pequenos comércios. O serviço, autorizado pela agência reguladora, permite que o próprio consumidor informe à distribuidora o consumo de energia exibido no seu medidor por meio de uma foto. Para aqueles que não aderirem, a cobrança é feita pela média dos últimos meses.

Para conferir como foi feita a leitura é preciso verificar na conta: no campo dados de medição é possível verificar se o faturamento foi feito ou não pela média. Apesar de a Enel afirmar que em caso de cobrança a mais deduzirá o valor nas próximas contas, o consumidor que discordar ou não reconhecer a cobrança, pode registrar reclamação no site do Procon.

Como reclamar e obter orientações

O @proconsp disponibiliza canais de atendimentos à distância para receber denúncias, intermediar conflitos e orientar os consumidores: via internet (www.procon.sp.gov.br) e aplicativo – disponível para Android e iOS.

2 COMENTÁRIOS

  1. A Enel me mandou uma conta absurda muito além do que acostumo pagar e os meios de comunicação que eles oferecem não levam a lugar nenhum muito complicado e não deixa o alternativa para reclamações nem sujestoes

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here