Por que procrastinamos?

Você já deixou para resolver algo de última hora? Já foi comprar o presente de natal bem no dia 25? Já demorou muito para ir ao banco resolver uma pendência e esperou a situação ficar quase que insustentável?

Se alguma das respostas acima for SIM, não se sinta mal, quase todo mundo já fez ou faz isso.

Procrastinar para quem não sabe, nada mais é do que como diz o velho ditado popular, “empurrar com a barriga”

E por que fazemos isso? É normal?

São diversos motivos que fazem a gente procrastinar, abaixo os três que considero mais comum sobre um olhar psicológico:

  1. Fuga do desconforto

Ninguém gosta de sofrer, isso é um fato, mas cada dia que passa estamos mais intolerantes as frustrações e sofrimento, estamos sempre em busca de conforto e se algo não vai nos fazer bem simplesmente excluímos, bloqueamos, cancelamos, com uma naturalidade nunca vista antes.

Quando precisamos resolver algo e sabemos que vai gerar desconforto, temos a tendência de deixar para depois, só que isso gera uma consequência maior, como a famosa “bola de neve” ou algo que já passou do prazo e não é mais possível resolver.

  1. Medo de errar

 Com o aumento das redes sociais, aumentou-se também as comparações, lá a vida das pessoas parece perfeita, ninguém erra e são todos bem-sucedidos. Esse medo de errar, a sensação de ter o erro exposto e como falamos acima ter que lidar com a frustração, tem nos deixado adiar coisas importantes e que inclusive poderiam ser a solução de alguns dos nossos problemas.

  1. Questões emocionais

 Algumas questões como estresse, raiva, cansaço, achar que não é merecedor(a), baixa autoestima, também não nos permite agir.

E agora, sabendo disso o que podemos fazer para melhorar e começar agir?

Pega papel e caneta ou anote no bloco de notas do celular para olhar sempre que precisar, vai que você não lembra de passar aqui depois.

  1. Questione: Por que estou procrastinando? Quais são meus ganhos e perdas com a procrastinação? E tome uma atitude!
  2. Pense: Como você pode deixar essa atividade mais simples e menos dolorida?
  3. Escreva (tudo que sai do pensamento e vai para o papel facilita o entendimento e a tomada de decisão): Faça um planejamento das atividades, dividindo por etapas e se possível com um descanso no meio.

Curtiu as dicas? Quem está comigo para parar de procrastinar?

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here