Você tem fome de quê? Emocional ou Física

Em algum momento você já parou para analisar o que te fez ou faz decidir a escolher determinada refeição ou um alimento específico com clareza total?

Isso mesmo, situações como estou cansado, estou sobrecarregado no trabalho; estou feliz; tenho decisões difíceis para tomar; estou me sentindo sozinho entre outras questões são circunstâncias que levam a busca por alimentos e refeições frequentemente, aonde a maioria das vezes a escolha vem do emocional, apenas para camuflar todas essas questões internas, e pra quem  busca o emagrecimento ou definição muscular,  saber lidar com a emoção interna é imprescindível.

Qualquer relação que te faça perder o poder de escolha onde a única opção seja aceitar viver no automático e não ter clareza na decisão não é legal, isso serve para todos os campos da vida, inclusive na alimentação.

Numa era de conflitos internos e projeção que todos os campos da vida têm que estar excelente, as pessoas se acostumaram a lidar com sentimentos negativos projetando insatisfações pessoais e descontando naquele prato de comida que traz conforto e com maior frequência, onde o mais tardar a insatisfação corporal é nítida. Deve ressaltar que atualmente a cultura aceita está em “Guerra” com o próprio corpo, como se fosse um objeto que pode ser concertado a qualquer momento. Vamos lá, “Engordei demais! Vou fechar a boca e começo na academia 7 vezes na semana amanhã, ops! Não tô vendo resultado, vou comprar uns medicamentos que me ofereceram e uns shakes que funcionou em fulano. Nossa! Estou  ainda pior, vou atrás de estética porque academia e essa dieta não funcionam comigo, marca cirurgia” Após o pós cirúrgico, depois de um tempo tudo retorna, o que eu estou fazendo de errado? Simples.

Saber lidar com as emoções do dia a dia não é tarefa fácil e tudo isso reflete na saúde corporal e mental de qualquer ser humano, e a desatenção na hora da refeição esta cada vez mais comum, hoje em dia dificilmente senta-se a mesa para se alimentar e se conectar com o ato de comer, as coisas externas te sabotam (Celular, TV, Computador, etc).

Algumas ações podem dificultar o seu progresso, quer saber quais?

Responda essas perguntas e comece a melhorar caso esteja descompensada, vamos lá?

  1. Você tem dormido de 7 a 8 horas?
  2. Você tem equilíbrio entre trabalho, família, relações, lazer e descanso?
  3. Você está alimentando o seu corpo consciente ou apenas para matar a fome?
  4. Qual o seu número de estresse em uma escala de 0 a 10?

Quando se consegue identificar o que está faltando, tudo flui e a comida fica exatamente onde deve estar “NUTRINDO”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here